Blog drTanajura: sobre 4 ou mais rodas

janeiro 20, 2008

Garantia do veículo zero km e usado?

Filed under: Garantia — DR Tanajura @ 10:00 pm

Carros usados
As lojas que revendem carros usados deveriam oferecer garantia, principalmente para câmbio e motor. Como já dissemos em outro artigo, existem empresas que fazem o checkup do veículo, garantido por emissão de documento comprobatório. Muitos compradores não conhecem veículos, não conseguem diferenciar se o carro está bom ou não. Os lojistas aproveitam a situação para empurrar carros em péssimo estado de conservação. Exija garantia de pelo menos 6 meses, com claúsula que permita devolução do carro caso apresente problemas. Tenho um exemplo prático. De todos os carros usados que comprei até hoje, consegui uma vez garantia de 3 meses para motor e câmbio e recentemente na compra de um Corolla, a Sun North deu garantia de 1 ano.

Carros zero km
Atualmente a Hyundai no Brasil (CAOA) oferece garantia de 5 anos. Quem garante é o consórcio formado entre a CAOA e a Hyundai. A Toyota há muito tempo dá 3 anos de garantia. Uma novidade são as garantias de alguns carros lançados pela Renault no Brasil. O recém lançado Sandero (gostei do carro: espaçoso, bonito e com acabamento simplificado tem um bom preço) oferece garantia de 3 anos.

Entenda bem: a garantia cobre peças mecânicas que possam apresentar problema. E sua efetividade é garantida quando o comprador faz todas as revisões nas Concessionárias autorizadas. E dentro dos períodos indicados, de quilometragem e tempo. Siga à risca todas as determinações constantes do Manual do Proprietário, entregue quando retiramos o veículo da concessionária. Não deixe de ler o manual.
O problema é que na produção de veículos sempre poderá ocorrer problemas em algumas unidades. Existe até um número de veículos que poderão ter problema dentre uma quantidade produzida. Normalmente, são pequenos defeitos corrigidos nas revisões. Também existem alguns que ocorrerão antes da primeira revisão.

As indústrias automobilisticas criam mecanismos para evitar que este problema ocorra. Com a produção terceirizada da maioria das peças dos veículos, não é fácil o controle total da qualidade.

Conversando certa feita com um cliente, ele me informou que as empresas procuram diminuir sempre o número de defeitos que poderão ocorrer. Elas acompanham os números. Por exemplo, de cada 1000 veículos produzidos 5 têm defeitos (como disse, resolvidos em sua maioria nas próprias revisões por não oferecerem problemas aos motoristas compradores). Esses números são contabilizados. Não sei ao certo, mas no Brasil quem apresentava menos defeitos era a Toyota, depois a Honda, depois Volkswagen. Não lembro bem.

A Toyota pelo que sei tem a fábrica mais moderna dentre todas as outras, inclusive com maior automação. Mesmo seus fornecedores de peças utilizam moldes e outros itens preparados pela própria equipe da Toyota.

Às vezes peças importantes apresentam problemas de fadiga ou defeito de fabricação, que são corrigidos em recalls convocados pelas indústrias.
O difícil, quase impossível é você conseguir devolver um veículo que veio defeituoso. Existem pessoas que compraram um carro novo para evitar problemas e o mesmo fica parado na concessionária aguardando uma solução. Neste caso, deveria ser obrigatório trocar o veículo sem perda de tempo.

Anúncios

17 Comentários »

  1. Boa Tarde,

    Achei interessante sobre o cuidado com a garantia para aquisição de um veículo usado, e como estou pretendendo adquirir um veículo usado de particular, preciso saber se vc tem um modelo de garantia pra me fornecer, pra mim resguardar , caso ocorra problemas futuros,

    Comentário por Ana Paula — fevereiro 11, 2008 @ 6:28 pm | Responder

  2. Não tenho um modelo para indicar. O importante é a Loja dar no mínimo 6 meses de garantia para câmbio e motor (normalmente no mercado esta garantia é de 3 meses). Mas veja só, o importante é buscar informações sobre a Loja.

    Um conselho que lhe dou é exigir da Revenda um atestado da qualidade do veículo. Uma empresa que presta o serviço é a empresa SuperVisão, site: http://www.supervisao.com

    Com mais de 30 unidades a Supervisão é especialista em perícias automotivas, oferecendo serviços relacionados a acidentes de trânsito, falhas mecânicas, procedência e originalidade do veículo.

    SAC: 0800-774.8248

    Não compre o carro no escuro, exija um selo de qualidade sobre o real estado do veículo. É sua segurança.

    Comentário por DR Tanajura — fevereiro 11, 2008 @ 11:29 pm | Responder

  3. QUAL A GARANTIA QUE O CONSUMIDOR TEM NA PARTE ELETRICA DE UM VEICULO USADO

    Comentário por AMAURI — março 8, 2008 @ 11:48 am | Responder

  4. Normalmente, as lojas de veículos usados dão garantia para câmbio e motor. É mais difícil dar problema na parte elétrica.

    Se comprou o veículo recentemente, retorne ao revendedor e cobre o reparo. Se for honesto ele irá auxiliá-lo.

    Sempre me preocupei com a parte da injeção eletrônica e todo o sistema central de controle do veículo. Tudo isso hoje é eletrônico, com chips e regulagens que às vezes, têm que ser feitas em conexão com a indústria que produz o veículo.

    Quando compramos um veículo usado precisamos ter consciência de que a Central eletrônica do veículo dará problema um dia, e quando der problema o custo será alto.

    Vou pesquisar mais a respeito e postar no Blog.

    Comentário por DR Tanajura — março 8, 2008 @ 12:15 pm | Responder

  5. Olá, comprei um carro 2007 usado. Mesmo antes de andar com o carro, ele apresentou um vazamento na bomba d’água. No entanto, a empresa que o vendeu afirma que o veículo não tem garantia. Como devo proceder?

    Comentário por Everton — maio 26, 2008 @ 2:09 pm | Responder

  6. É muito importante que no momento da compra seja exigida uma garantia mínima para o veículo, mesmo usado, Normalmente eles dão no minimo 3 meses de garantia para motor e câmbio (acho que é pouco).

    É simplesmente absurdo o Lojista não resolver este problema. Normalmente, em qualquer operação de compra temos até 7 dias para devolver o produto, o que não vale para veículos.

    Tente verificar no Procon, se eles dão um apoio neste caso.

    Essa Loja onde você comprou não é séria.
    Como sempre digo não se deve comprar veículo sem selo de inspeção, quem garante que esse veículo não foi batido, e batida forte?

    Fico decepcionado com essas empresas que tentam enganar os consumidores. Ou, não dão apoio após a compra.

    Comentário por DR Tanajura — maio 27, 2008 @ 12:30 pm | Responder

  7. Olá!
    Comprei um veiculo Peugeot 206 scapade zero de uma empresa ( Grancar)em 25-06-07 que havia comprado da concessionaria (opera de Londrina Pr)em 27-03-07. Quando da transferencia veio no certificado do veiculo como sendo o proprietario anterior a concessionaria. Pois bem. O veículo com 17200km no dia 24-05 teve em viagem a bomba da direção hidraulica estourada internamente ocorrendo vazamento de oleo hidraulico no motor. O carro foi rebocada para a oficina da Peugeot em São Jose dos Pinhais, onde o conserto com mão de obra ficou em 1500,00 , sendo 999,00 da bomba e o restante mão de obra.
    Apesar de ter comprado o veículo de uma revenda nada prova que não foi vendido diretamente pela concessionaria, pois o certificado mostra isso.
    A Concessinaria não quis acertar como carro em garantia pois no manual consta a entrega em 27-03-08

    Pergunto:
    Passou apenas 02 meses da data de finalização da garantia, como a peça estorou internamente ficando provado que não foi de má utilização, quais são as minhas chances de tentar buscar o ressarcimento do valor pago\>

    Agradeco a ajuda

    Eduardo Pereira

    Comentário por Eduardo Pereira — maio 28, 2008 @ 7:01 pm | Responder

  8. Preciso saber o seguinte : comprei 1 carro ano 2002 por 90.000,00 chrysler dia 20 de março 08, porém desde o dia q comprei apareceu problemas no cambio q a loja vendedora tentou consertar mas nao está conseguindo – mandou para 3 oficinas e nao conseguiram – pq depois q me devolveram o carro, agora voltou o mesmo problema – o prazo de garantia deve expirar em 2o de junho 08 – Pergunto : Eles têm q resolver o problema até 20 de junho ? Ou termiando estes 90 dias, eles ficam livres desta garantia (tendo em vista que é um problema q apareceu dentro dos 90 dias) – ?

    Comentário por CELSO — junho 6, 2008 @ 9:14 pm | Responder

  9. Não deixe acabar a garantia. Você deve ter um contrato sobre a garantia. Eles são obrigados a arrumar o carro.

    É complicado o caso. O problema do carro importado é quando dá problema, por não termos em alguns casos mão de obra qualificada para resolver. Fora as peças.

    Eu adorava meu Corolla 2001/2. Tive que começar a trocar rolamentos e outras coisas mais, pois qualquer carro chega num dia em que determinadas peças atingem sua vida útil. Tinha um belo motor. Cheguei no limite.

    Pressione o pessoal que te vendeu o carro. O valor que você pagou foi considerável, o carro tem que estar em condições. Temos que tomar cuidado ao comprar veículos usados, conferir procedência, etc. Eles não podem economizar, precisam colocar em oficina de gabarito.

    Mesmo gostando do carro, se estiver com problemas tente trocá-lo na própria Loja.

    Comentário por DR Tanajura — junho 7, 2008 @ 1:30 am | Responder

  10. Comprei um Corsa Wind 96 1.0 EFI tem menos de 06 meses e não rodei nem 500 km.
    O vendedor é genrente da Giauto de minha cidade e disse que o carro estava Otimo!
    O carro comessou a dar problema no motor levei ao vendendor e o mesmo quer me cobrar R$ 2.400,00 para reformar o motor. O comprovante de compra que eu tenho e so o recibo do veiculo não tem contrato nem nada comprei o carro a vista.
    Eu tenho como recorrer aos direitos do consumidor?

    Comentário por Daniel — outubro 14, 2008 @ 4:07 pm | Responder

  11. Comprar carro usado sempre representa um risco. Todo o conjunto do carro sofre desgaste e chega uma hora em que precisa ser recuperado. Não existe uma lei que proteja. Deveria haver uma exigência: vai vender o carro tem que reformá-lo. É absurdo comprar um carro usado onde você tem que trocar os pneus. Os pneus deveriam estar novos. Tirar o rádio, todo o som, é outro absurdo.

    Algumas empresas dão garantia de 3 meses motor e câmbio. Outras mais gabaritadas dão garantia de 1 ano. Isso para carro usado.

    Realmente, reformar o motor tem um custo alto. E também a injeção eletrônica. Depois vem a embreagem, sistema de freio, suspensão. Tudo custa para arrumar.

    Acredito que você não tem alternativa e deve arrumar o motor. Agora, digo-lhe, veja o local onde vai colocar o carro para arrumar. Tem que confiar plenamente.

    Uma tentativa seria o Procon, porém não sei se neste caso resolveria. O problema é que você não tem nada escrito pelo vendedor para levar avante a reclamação.

    Comentário por DR Tanajura — outubro 14, 2008 @ 5:26 pm | Responder

  12. comprei um corsa wind 98 e tenho garantia de 3 meses para cambio e motor e menos de um mes q estou com o carro deu defeito na bomba dagua e na bomba de gasolina qria saber se esses defeitos a garantia teria q cobrir pq gastei + de R$ 600,00 com isso e eles me alegaram q a bomba d’agua nao eh motor e acessorio do motor e nao tem como dar garantia
    a bomba de gasolina tdb.

    Comentário por Thiago Henrique — dezembro 16, 2008 @ 5:25 pm | Responder

    • Esse pessoal é folgado. Tem que arrumar o carro. Se a garantia é para motor tem que cobrir essas bombas pois sem elas o motor não funciona. E mais, até o alternador e bateria deveriam ser novos ou constar da garantia. Eles nos esfolam quando compram nosso usado e depois cobram caro para vender.

      Comentário por DR Tanajura — abril 22, 2009 @ 12:51 pm | Responder

  13. Comprei um volvo 1985 de um particular e financiei em um correspondente bancário. O caminhão apresentou defeito na segunda viagem.
    A quem que eu tenho que recorrer? Ao ex-proprietário, ao correspondente bancário ou a financeira?

    Comentário por Adriano José de Jesus — fevereiro 3, 2009 @ 12:38 pm | Responder

    • Acredito que o correspondente bancário não avaliou o estado do veículo antes de aprovar o crédito. Por sinal, é interessante este caso. Veja a Finenceira não se preoucupa com estado do veículo. Na minha opinião deveria exigir um atestado de qualidade do veículo.

      O ex-proprietário deverá auxiliá-lo neste caso.

      Comentário por DR Tanajura — fevereiro 3, 2009 @ 12:48 pm | Responder

  14. comprei um citroen a menos de 6 meses e trancou o motor, gostaria de saber se a revenda tem que consertar pra mim ou não,se eles não quiserem,posso cobrar na justiça?

    Comentário por adriano azeredo- — março 8, 2011 @ 7:10 pm | Responder

    • O problema é que normalmente eles dão 3 meses de garantia. Tem que ver o contrato de compra que você assinou.

      Comentário por DR Tanajura — março 9, 2011 @ 12:12 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: